Prosas e Poemas de Krol Rice Chacon.

06 março, 2014

Desejo (de Aniversário)


 (Um daqueles pedidos para ser feito antes de assoprar as velas)

Na verdade, amor, eu nem espero mais que você venha, mas se quiser chegar, que você chegue em uma tarde ensolarada, ou numa noite chuvosa, ou em um dia qualquer venha e me tire do tédio. Que você esteja de camisa regata, ou pólo, azul, verde, preto ou branco ou nada. Que você me ache bonitinha, ao menos, ou tímida, ou lesa. Que você se encante comigo de alguma maneira, ou quem sabe eu nem te chame a atenção. Que você queira me conhecer melhor e saiba que eu não sou assim tão chata, ou que eu sou até interessante, ou que não tenho p***a nenhuma a acrescentar a você, ou que eu sou uma completa idiota que escreve coisas idiotas que ninguém quer ler.

Que você entenda ou ao menos não se incomode como eu sou estranha, ou como sou desastrada, ou que eu não saiba dançar muito bem, apesar de na verdade eu não saber dançar nada. Que sou distraída, bagunçada, mas que mesmo assim você decida ficar por curiosidade ou porque acha que pode se encontrar ou ficar a vontade no meio dessa minha bagunça. Que você possa contar comigo, dormir comigo, se irritar comigo, ser feliz comigo. Que em dias normais ou anormais eu consiga te arrancar sorriso, ou juízo, ou os cabelos em um puxão, ou as roupas. Que meu colo magro possa te confortar, ou te consolar, ou te adormecer. Que me dé abraços, me dê flores, me dê nos nervos. Que você me faça juras de amor, que esteja lindo quando eu entrar na igreja, que queira ser meu marido e o pai dos meus filhos e que eles tenham seus olhos.

Que eu me apaixone no momento exato em que puser meus olhos grandes em você. Que eu te conheça, te descubra, te aprenda aos poucos, aos muitos, aos beijos, aos toques, aos gemidos. Que eu te seduza.  Que eu te faça bem ou saiba te cuidar em alguma tristeza, ou doença, ou manha. Que eu consiga cozinhar para você e que minha comida não seja um martírio. Que eu seja algum motivo de orgulho para você. Antes de tudo, que eu te ame. E depois de tudo, que você me ame, ou me queira, ou não me ignore. E acima de tudo, meu amor, que você venha, e que chegue logo na minha vida como um presente, antes do meu último aniversário ou antes que eu desacredite de vez nas remotas possibilidades das coisas acima.


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visitas

Followers

Riceli Caroline de Souza Chacon. Tecnologia do Blogger.