Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

Crônica de um Dia de Sol Crônico

"Por aqui não se passa  sem que se sofra o calor do fogo." (Dante Alighieri) 

 Sentei para escrever ás dez da matina e podia jurar que o relógio já batia o meio dia. Credo, Deus, pra quê esse calor? O mormaço me derrubou. Nada de inspiração, somente transpiração. Saio no portão. Somente uma senhorinha debaixo de uma sombrinha velha passa na rua. Corajosa. Aqui fora, nem uma folha de jambo ousa se mexer. Olho para o céu. Lá em cima, uma nuvem sozinha que não cumpre seu bendito trabalho de chover. E eu aqui embaixo, suando, cozinhando em banho maria-da-silva. Volto para a cadeira e tento escrever sobre o amor, felicidade, sonhos, essas coisas... Mas não dá pra dá um abraçinho no pingo do meio dia, não dá para ser simpática com seus miolos fervendo e não dá nem pra dormir nessa quentura. Ah, eu queria era escrever sobre a beleza de viver... A vida é bela meus queridos, mas juro que esse calor tá querendo me matar.



Desejo (de Aniversário)

(Um daqueles pedidos para ser feito antes de assoprar as velas)
Na verdade, amor, eu nem espero mais que você venha, mas se quiser chegar, que você chegue em uma tarde ensolarada, ou numa noite chuvosa, ou em um dia qualquer venha e me tire do tédio. Que você esteja de camisa regata, ou pólo, azul, verde, preto ou branco ou nada. Que você me ache bonitinha, ao menos, ou tímida, ou lesa. Que você se encante comigo de alguma maneira, ou quem sabe eu nem te chame a atenção. Que você queira me conhecer melhor e saiba que eu não sou assim tão chata, ou que eu sou até interessante, ou que não tenho p***a nenhuma a acrescentar a você, ou que eu sou uma completa idiota que escreve coisas idiotas que ninguém quer ler.
Que você entenda ou ao menos não se incomode como eu sou estranha, ou como sou desastrada, ou que eu não saiba dançar muito bem, apesar de na verdade eu não saber dançar nada. Que sou distraída, bagunçada, mas que mesmo assim você decida ficar por curiosidade ou porque acha que …