Bom Tempo


 "A vida é uma lousa, em que o destino, 
para escrever um novo caso, 
precisa de apagar o caso escrito." 
 Machado de Assis

Ele foi se achegando devagarzinho, travesso que só ele mesmo falando de coisas que me levavam a pensar na sua juventude tão cheia de sonhos e planos... Começamos com uma brincadeira infantil até que estranhamente os laços foram se apertando, e o que era um amor de sonhos passou a ser um sonho de amor. Suas palavras beiram às vezes a uma infantilidade invejável e a maturirade de quem viveu a eternidade em vinte anos e oscilam desde a fragilidade de menino, a uma atitude divina relegada somente aos grandes homens.

Demorei a encontrá-lo, mas o tempo é marcador de épocas e mundos diferentes. Não pode nunca o passado misturar-se com o futuro nem tampouco o futuro sonhar com uma vaga no passado. O que é um confronto de idéias bem interessante. E eu aceito como um presente para meu presente e para o futuro. Antes o que achava um pouco estranho, hoje já não acho nada estranho... Eu só o amo para sempre, e é melhor, bem melhor esse tempo de agora...

Krol Rice

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(Nu)t(ação)

Crônica de um Dia de Sol Crônico

Triste Insônia