Carta por Direito ao Egoísmo

"O amor é um egoísmo a dois." 
Madame de Stael

Escrevo pra quem quiser ler, que na razão da minha consciência eu sou completamente possessiva ao que se diz respeito ao que sinto - principalmente ao amor. Não compartilho, não divido, muito menos empresto, mas posso até expor minha felicidade só para meu prazer. Não nego mesmo, eu não escondo, mas vou continuar escrevendo, quem acha que dou brecha á inveja alheia, se engana - isso é particular - sentimento meu. Mesmo com mídia, com poemas e fotos, com cenas e publico.

Não tentem adivinhar o que não existe, nem Inventem o que não aconteceu. O que tenho no meu coração é privacidade. Subentenda o meu silencio e as minhas reticências só quem for capaz. Posso até deixar por conta da imaginação de quem acha que tem uma. Meus fatos são meus, só dizem respeito a mim: O meu amor é meu, e só. É meu o direito de ser egoísta...

Krol Rice Chacon

Comentários

Postagens mais visitadas