Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

Estranho Nada

Imagem
O que sou,
Depois que de ti me solto?
Que forma é esse meu corpo?


Onde estou,
Quando não estou incluída nos teus braços?
Estou só meu corpo?


O que penso,
Antes que realizes meu desejo?
Imagino-me realizando em teu corpo?


O que faço,
Entre um dia e outro quando demoro,
Sem o teu corpo?


O que sinto,
Quando não toco tua pele, teu rosto,
Pressinto o calor do teu corpo?


O que invento,
Entre um tempo e outro?
Overdose de poemas sem teu corpo?
Krol Rice

Exclusivo

Imagem
Numa noite O dia chegou
Portas se cerraram O mundo encolheu Mãos se apertaram Meu coração bateu Olhos se fecharam A solidão disse adeus E deixou o lugar
Que a partir daquela noite Seria para sempre Teu.

Krol Rice

Em Meu Diário

Imagem
Madrugada:
Todos dormem
Exceto eu,
Que penso em ti.


Amanhece:
Tudo desperta,
Exceto eu,
Que não dormi.


Entardece:
Pessoas sofrem,
Também eu,
Que choro por ti.


Meu dia padece.
Anoitece:
Também eu,
Que penso em ti...

Krol Rice

De Vermelho

Imagem
Pela estrada afora
Ela ruboriza a rua
Nos lábios, batom carmim.
Nas unhas vermelhas,
Os dez pecados capitais.
Dentro da cesta de piquenique
Rifle e desejo por caça alheia
Á procura de um lobo descuidado
Com olhar em brasa,
Alucinado pela lua cheia...
Krol Rice

Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus 2010

O Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus de Poesia 2010 anuncia os vencedores do concurso:

(O meu em Negrito)

Lista de poemas selecionados que serão publicados no livro.



POESIA – POETA – CIDADE


Palavras - Abraão Leite Sampaio (Governador Valadares-MG)

Não quero ter corpo – Adriana Aparecida de Oliveira Pavani (Barra Bonita-SP)

Vida… - Agostinha Monteiro (Vila Nova Gaia, Portugal)

Criança – Alessandro Guiniki Barbosa (Cravinhos–SP)

Deixem que eu decida – Alessandro Uccello (Brasília-DF)

Redonda e empinada - Allan Mauricio Sanches Baptista de Alvarenga (Caraguatatuba-SP)

Ramagem – Amélia Marcionila Raposo da Luz (Pirapetinga-MG)

Seja doce – Ana Isabel Damiani Mauerberg (Americana-SP)

Borboleta! – Ana Janete Pedri (Jaraguá do Sul-SC)

Cruzadas – Ana Paula Assaí Camapum (São Luís-MA)

Para escrever um poema imperfeito - André Caldas (Rio de Janeiro–RJ)

Saudade III - André Moreira Cerqueira (Maia, Portugal)

Finados – André Sesti Diefenbach (Santa Maria-RS)

Taças quebradas – André Telucazu K…