Idiotices Comuns


Não é estranho. É mais comum do que se pensa - Idiotice... Esses poetas tentando descrever o que também não entendem... Eu também! Eu também!



Krol Rice

Comentários

João Ludugero disse…
Não é estranho. Diacho!
Acho que seria anormal
procurar entender o poeta
porque a própria vida
faz-se de desentendida
ao expor suas lições de lida... compreendes?
Juro que eu também não!
Niemi Hyyrynen disse…
Hum...talvez falamos coisas sem nexo, ou então pode ser que tudo não tenha o menor sentido, a idiotice pode ser produto da falta de sentido, ou se tudo não tem sentido, é tudo idiotice?

ih, rs

:) obrigada pela visita no universo, tem texto novo lá, te espero!

http://universo-in-verso.blogspot.com/
João Ludugero disse…
Que seja! Idiotice faz parte do real sentido.
E se faz ou não sentido
pouco importa a seta que indica para os idiotas a via a seguir...
Se via alguma ou não nos leva à idiotice,
que seja assim a vida risível e com uma pontinha de loucura a mais na tolice, porque ser bobo pode um dia nos levar à corte!

Hiper estranho abraço.

P.S.: Sempre que puder, me visite, estarei lá no meu site que nos convida ao interior, nos chamando a andar na rua e comprar doce deleite.
João Ludugero disse…
Já fucei várias poesias no teu site. Gosto da forma mágica como escreves. Tu te colocas inteira, 100% corpo e alma, até quando sonhas estais acordada...

Magnífico é teu pensamento, menina encarnada do mais ser estranha do que do/ente.

Estranho é não se achar nem que seja num bocadinho que seja das tuas invenções de voar com os pés no chão. Tu mais nos inspira do que expira, ex-ter-mina, indiretamente nos desata desse nó a que chamaram de tristeza. Porque prefere não cortar o que pode ser desatado. E, por derradeiro, recomeça sua poesia deliciosamente estranha... Só os dementes não percebem tua alma exposta, desnuda, de fato, repleta de...PH.
Abraços.
João Ludugero disse…
Obrigado, pela sua passagem no meu simplista blog do interior... Adoro seus comentários, diretos, com poucas palavras, mas que me dizem tudo. É gratificante, sabia, ter opiniões, isto me estimula a redigir mais e mais... Agradeço sua visita e te mando um forte abraço com cheiros e ruídos de quem gosta de pisar num chão de terra molhada, com jeito de mato verde e banho de rio.
O interior me chama a escrever...
E acabo fazendo versos assim, tão simplezinhos, mas que tangem a alma da gente a continuar...
Grato.

Postagens mais visitadas