Como Uma Onda no Mar...


A vida vem em ondas como o mar e eu me pergunto o quanto estranho é o mar de vida...
Um dia, ela te leva até a praia do amor, no outro, você se afoga na própria agonia do amor!
Por último, você se convence que as ondas dessa praia num indo e vindo infinito, nunca vão levar as impressões deixadas areias do mar de sua mente (e não adianta finjir, nem mentir pra si mesmo...)!


Krol Rice

Comentários

João Ludugero disse…
Adorei o seu site! Andei fuçando tudo e fiquei encantado com seus textos que tocam na alma da gente, com toda força. Gostei da sua poesia e da forma como tece seus versos repletos de você, que se divide e mais se multiplica a cada dia como uma nova promessa de vida que, multifacetada, se dobra e até se quebra, e continua inteira e vívida, como uma onda no mar...
Hiper abraço,
do João Maria Ludugero, poeta de Várzea-RN, quase perto de Arez...ora domiciliado em Brasília.
Estou te seguindo, aditado ao seu site rico e maravilhoso.
Sempre que puder acesse o meu Blog: www.ludugero.blogspot.com
e deixe lá seus comentários.

Adoro encontrar conterrâneos e vc que me encontrou no VNT (adorei seus comentários à minha poesia). Valeu! João Maria Ludugero.

Postagens mais visitadas