GeometriApaixonante


Amo a geometria de teu corpo;
Eu, que odeio matemática.
Encontro em teu rosto a símile da perfeição.
A união de seu conjunto ao olhos do (eu) observador,
Do resultado da equação de sua estrutura corpórea,
Tão simétrico, interativo, e sedutor.
Da cor de sua derme,
Da forma e brilho da tua córnea,
Do equilíbrio que possui entre a ordem e o caos,
Da beleza natural que condiz com o que é mais atraente,
Do padrão de beleza proporcional feita em fôrma,
És um enigma a ser desvendado fraciona-mente,
E eu resulto amando a geometria da tua forma.
Krol Rice Chacon

Comentários

Postagens mais visitadas