Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2009

Nós X Tempo

Quanta força nós ainda temos? Escravizados todo esse tempo por um tempo implacável... Chegando ao extremo limite das forças, temendo por nós mesmos, se nos encontrarmos acabados num lapso de longos tempos. Cansados de lutar contra a morte pelas nossas vidas e resistindo ao tempo. Duramente! Se sobrevivermos, após tanto suportar, descansaremos um nos braços do outro...

Krol Rice

Feridas e Curas

Imagem
Que fizeste a esse amor
Pra que de servil
Virasse teu carrasco?
Tua alma é tua vida,
Teu amor é teu coração,
Nele, sou a veia.
E quando me feres,
E me rasgas,
Destróis-me,
Fico ferida,
Minha lágrima escorre
Ficas ferido,
Teu sangue escorre.
Agora,
Preserve-nos agora,
Cure-nos por hora.



Krol Rice

Louca Novamente (Crazy Again)

Imagem
Portuguese Version
Acelerando meu coração
Ele vem novamente
Com estes olhos
De tom castanho
Mas por favor,
Feche-os se me aproximar
E por favor, mova-se devagar
Eu preciso andar devagar
Eu te quero demais
Este dia – Todos os dias
Novamente
Com sua voz – para mim – cante!
Baby, baby...
Novamente
Porque estou tão louca
Perdida em você
Como em um sonho
Como em um desejo
Ignorando sua língua inglesa:
Quero morder sua língua
Num bom português...



Krol Rice


Bebido

Imagem
Álcool, Saliva, Mãos quentes, Olhar ardente... -Desces meu pescoço abaixo, abrasando-me o peito...
Krol Rice

De Cor

Imagem
Conheço de cor...
Cada traço do teu rosto,
Cada sombra do teu olhar
Cada tom da tua voz
E cada silêncio,
Cada gesto que tu faças,
Conheço-te de cor
Cada capricho teu
Cada silêncio que dizes
E os que preferes calar,
Deixa-me reconhecer-te
Conheço-te de cor,
E ESTRANHO-TE.
Sei ao pormenor o teu melhor
E o pior
Sei de ti mais do que queria
De cor numa palavra eu diria:
CONHEÇO-TE...

Krol  Rice

Infernal

Imagem
Levarei-te ao inferno
E darei-te um beijo ardente;
Os teus lábios de anjo queimarão
Ao me beijarem loucamente.

Levarei-te ao inferno
E darei-te um beijo ardente;
As tuas mãos de anjo queimarão
Ao me abraçarem desesperadamente.

Levarei-te ao inferno
E darei-te um beijo ardente;
Os teus braços de anjo queimarão
Ao me possuirem convulsivamente.

Quero que tu sejas meu anjo do paraiso
Levarei-te ao meu inferno eternamente
Para que exorcises de mim isto que me abrasa
Levarei-te ao inferno e dar-te um beijo ardente...

Krol Rice

Química

Imagem
Após ler Pharmácia Juju Sousa
Alcóol, Dopamina, Testoterona, Progesterona, Serotonina... Em seguida, Pílula do dia seguinte.

Falei Mais Que Devia

Imagem
Talvez á essa altura da vida eu já tenha dito demais EU TE AMO.
Disse tantas vezes, que talvez valha por todas as vezes que eu não ouvirei isso...
Não é ESTRANHO? Agora fará falta ouvir. Falei mais do que devia...

"My past is stranger, but my present give-me your pain..."

Termo de Posse Livre

Imagem
"Estou aqui não porque deva estar,
nem porque me sinto cativo nesta situação,
mas porque prefiro estar contigo,
a estar em qualquer outro lugar no mundo."
(Richard Bach)


Hoje estou convencida de que ninguém perde ninguém;
Simplesmente porque ninguém possui ninguém...
E essa é a ESTRANHA experiência de ser livre, de deixar ser livre:
Ter a coisa mais importante do mundo sem precisar possuí-la.
Ter o bem mais precioso do mundo sem precisar confiná-lo.
Está em suas mãos mas pode-se soltar...
É ter:Não é possuir.É ter: Não é confinar...

Eu Insone

Imagem
Insônia é tatear travesseiro vazio,
Insensatez é chamar nome ausente,
Devaneio é segurar mão distante,
Desatino é rir da saudade,
Insanidade é dizer boa noite a ninguém.
(Exílio - Carlucho Vitaliano)

Coloco a culpa nessa distância,
Entre ti e meus olhos no espelho,
Nessa vontade de nós.
Aliás, qual seriam suas intenções
De despertar minhas segundas...???
Agarro-me a qualquer destroço
Pra não me afogar nestes pensamentos...
Á esta hora da noite dá pena de ver:
Meus livros usados e desprezados,
Espalhados pelo chão do quarto,
Todos tão iguais entre si.
Tão iguais comigo,
Eu aqui sozinha comigo
Tão sei lá assim só então:
Relendo meu rasurado coração
E eu que nem queria escrever...
Meus pensamentos nem rimam comigo
Mas é que esta noite,
Nem queria escrever
Aquela outra noite contigo
Esta insônia idiota,
Esta chuva ESTRANHA,
Me deixam tão sentimental
Como uma idiota sentimental.

To The Future Passion (Recado á Futura Paixão)

Imagem
English version
By Juju Sousa


In a thousand crazy deliriums
I hug you in empty days mine
Expecting to feel the tremors
Of my body in your arms

I am proving every day, little by little
The flavor of lips thine
The seconds despair in the compass
In the space of desire

My mind has arrested me
I don't want to know about leave
My mind is my space. Here
I've got the illusion of to live

In a future of gladness where
I have got you
And it will be thus until
I die of annoyance or delirium...

Para Não Nos Apaixonar

Imagem
Finque meus pés
Para que eu não vá até ti,
Nem vá te procurar.
Ate as minhas mãos
Para eu não te sentir,
Não te tocar...

Talvez fique mais fácil.
Se eu vir só até aqui
E se eu não suportar,
Serei pelo menos capaz
De sentir teu mesmo ar...
E respirar!

Cubra meus olhos
Para que eu não cobiçe a ti,
Nem vá te desejar
Tape meus ouvidos
Pra eu não te seguir,
Não te escutar...

Talvez seja mais fácil
Querer só este fim
E se eu não suportar,
Serei ao menos capaz
De te olhar...
E flutuar!

Cale minha boca.
Para eu não diga palavras de ti,
Nem vá te gritar.
Vicie-me em ausência
Para eu não te querer,
Não te lembrar...

Talvez fique mais fácil.
Guardar tudo em mim.
E se eu não suportar,
Serei pelo menos capaz
De procurar um lugar...
Onde me encaixar...

O Último Parágrafo Desta Página

Imagem
As páginas vira
Do livro da tua vida
Sái deste capítulo
Deste trecho usado
Deste parágrafo lido
Arruma teus troços
E muda teus traços
Teus olhos e mãos
Que estão pra lá de cansados
Nem mesmo eles te enxergam
Vai, te muda
Tão sempre tão previsível
Vira a página da vida
Na verdade, invisível,
Te vira!

Antes dos Futuros Invernos

Imagem
"O inverno cobre minha cabeça,
mas uma eterna primavera vive em meu coração."
Victor Hugo 



Quando chegaste já era no inverno da minha vida,
Mas chegando, você  aqueceu o frio dos meus dias
Quando estendeste os teus braços na direção dos meus,
Vazios,
Mortos
Perdidos....
Eu nunca antes tive as esperanças das primaveras,
Nem tive ambição de sentir perfumes de rosas,
Mas contigo descobri um inverno com cantos de pássaros
Que encantaram,
Me inebriaram,
Me ressucitaram,
E deram movimento a estes meus braços mortos
Por estarem tão desejosos de ternura,
Eles encontraram os teus e se curvaram além do meu corpo.
E em ti abracei-me
E vivi
E também cheguei,
E chego...Com e pela vida que me transmitistes em cada arrepio,
Pela brisa quente que em mim espalhavas no frio
No fim voltarei a ser só eu, ou eu só, no resto dos meus invernos?

Estranha Mutação

Imagem
Eu sou uma estranha aqui em mim mesma.
Odeio o que fui ontem; tenho ânsia do que serei amanhã.
Agora sou apenas um passatempo.
Uma mutante ESTRANHA.
Uma constante metamoforse
Com a exceção da beleza das mariposas,
O Amor é a minha única paixão.
É a única coisa da qual tenho certeza.
Se eu não persigo o que quero,
Nada permanece em mim além do que não quero.
Os defeitos me agarram como náufragos a seus botes.
A vida me combate, com punhos e pés.
E eu me estranho a cada instante.
Uma hora me machuco, sangro, outra hora me choro.
Quando finda o dia (que às vezes dura semanas),
Nada mais está como antes.
Percebo: se há a dor, há o choro, e depois o descanso.
Se não há, há sempre outra dor, sem choro, sem descanso.
Assim as minhas sete vidas se transformam.
Faço parte do que parte. Nem sempre sou o que quero.
Faço–me e desfaço como a onda na praia.
Uma hora sou outra não estou, e depois sou de novo...
Só que diferente do que era antes.
Divido-me em sete partes toda semana.
Minha par…