Equilíbrio Imperfeito



Me equilibrando ESTRANHAmente,
Caminho sobre estilhaços de vidros,
Areia quente e água fervente.

Pensando que podia voar,
Ainda vivo acima das plantas dos meus pés,
Firmada em um falso andar,

Onde te encontro por toda a parte.
Me mantendo viva nesse caminho,
Onde me encontro repartida em sete partes.

Comentários

Postagens mais visitadas