Estranho Ciúme



-Deixa-me agora te possuir
Como tu nunca o tiveste
Me deixa tomar conta de ti. -E eu com minha fúria sutil
Como a tua sutil paixão
Deixa-me te cegar de brio. -Ou então, te fazer enxergar
Como foste tão inocente
Enquanto o estavam a te furtar.
-Pra que serve esta tua confiança?
Me deixa fermentar mais teu orgulho
Só ele sempre te deu segurança.
-Perde um pouco teu sono...
Imagina onde ele está,
Com quem ele está.
-Fica um pouco mais inquieta...
Imagina outra o tocar,
Como ele está a lhe tocar...
-Sinta-me ao menos neste momento,
E de todos os teus sentimentos,
Prometo-te ser o mais intenso...

Comentários

Postagens mais visitadas